quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Voo 2945 O TEMPO PASSA E NÃO PERDOA.





Fernando Castelo Branco
1ºSargº.MMT
Angra do Heroísmo
Terceira
Açores



Meu AMIGO Senhor GENERAL RUIVO


      Os HOMENS, nascem e vivem...As PALAVRAS que devia escrever aqui, NUNCA sairão porque "tenho" receio que percam-se por caminhos errados e mal interpretados...mas como quem ceifa o trigo ou faz vindima, fica com o restolho ou o rabisco, tudo isto junto dá a SAUDADE e AMIZADE.
      OBRIGADO MEU GENERAL, mais uma vez, pelo CARINHO que continua a ter pelos meus IRMÃOS que quando meninos na OTA foram FAP...Eles cresceram graças também a Nossa SENHORA do AR e agora PAIS/AVÓS, estão com nós e como seu representante AEFA/FAP na REGIÃO AUTÓNOMA dos AÇORES, dou-lhe os PARABÉNS pelas SENHORAS e HOMENS FAP que hoje  tem pelo Seu Digníssimo Comando desde os SEUS directos Subordinados até aos Senhores que muito carinhosamente nos têm proporcionado bom serviço de MESSE.ELES AEFA,ás Pessoas de MANUEL GONÇALVES 2/68 EABT,MANUEL CASCÃO 3/68 MAEQ, FERNANDO VENÂNCIO 1/81 MMA Fiats G91, estão de "coração cheio" da maneira que quando hoje de manhã sem ALVORADA, puseram-se a pé e viram o imenso MAR salgado que já foi CAMÕES...

Legenda: A recepção do Comandante da Zona Aérea dos Açores á comitiva.
Da esqª/Dirª. Eu,(Fernando C.Branco),Manuel Cascão,Cmt.Zona Aérea Gen.Pilav.Ruivo,Manuel Gonçalves e Fernando Venâncio.
Foto: Cortesia de Fernando Castelo Branco.


Legenda: Um brinde no bar das Praças, oferecido pelo 1ºsargº cujo nome não me recordo.
Da esqª/dirª.Fernando Venâncio, Manuel Gonçalves,Eu,(Fernando C. Branco),1ºSargº(?) e Manuel Cascão.
Foto: Cortesia de Fernando Castelo Branco.


       Com o ABRAÇO pessoal que tenho sempre gosto de dar-lhe carinhosamente, sou o civil que em SENTIDO agradece-lhe, por TUDO o que tem tido para com os "NOSSOS SUBSTITUTOS/OU JUROS DO QUE NÃO TIVEMOS"...
       Um bem haja de não só agora, como também daquela vez que não teve tempo de vestir a "combinação de vôo"estando de OFICIAL DE DIA ao AERÓDROMO e pegou NO PUMA SA330 com o LEMA; PARA QUE OUTROS VIVAM, foi tentar em vão salvar UM que era ESPECIALISTA e continua com nós em pensamento e ESPÍRITO...


Fernando C. Branco
https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif


quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Voo 2944 A PRIMEIRA TAÇA GANHA PELOS "FALCÕES".










Fernando Moutinho
Cap.Pil.Av.
Alhandra



Viva Victor.
No rescaldo da Nossa visita aos "Falcões" e perante as taças (antigas) expostas das Esquadrilhas, lembrei-me que a primeira Taça dos Falcões foi instituída ainda na Ota e foi ganha pela minha Esquadrilha, a C, constituída por Cap. Ramiro, Ten. Valla, 1º Sar. Moutinho, 2º Sar. Pombo Rodrigues e 2º Sarg. Licínio. Ora sucede que por ser o mais novo da Esquadrilha, o Licínio ficou com a missão de "guardião" da Taça.

Legenda: Placa colocada junto á Esqª 201,na Base Aérea nº 5 em Monte Real.

Foto :Cortesia do Carlos Robalo.



Legenda: A taça maior é a correspondente á vitória dos “Falcões”.A mais pequena foi a que m foi entregue a mim.
Foto :Cortesia do Fernando Moutinho.


Claro que nunca mais me lembrei disso mas, há cerca de um mês atrás, num almoço no Algarve, entre nós e as nossas "caras metade" descobri que ele tinha guardado a Taça. Assim, no domingo, o Licínio veio almoçar cá a casa, admiramos a Taça e ficou combinado que, um dia destes, após combinação com os Falcões, lá iremos a Monte Real entregar a Taça e uma miniatura. E, porquê a miniatura? É que, na entrega da Taça também foi entregue uma miniatura a cada piloto da Esquadrilha.
Essa que se vai ofertar é a miniatura que me coube. Aproveito para te enviar foto. 
Um grande abraço
Moutinho

Voos de Ligação:

https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif

VB: Bom Dia Fernando.
Os componentes desta Esquadrilha por onde andam? Será possível o seu contacto?
De todos e para além do Fernando Moutinho, julgo que estive com o Pombo na Guiné, não como piloto da FAP, mas sim ao serviço dos TAGCV. Será o mesmo?



terça-feira, 29 de outubro de 2013

Voo 2943 O SPÍNOLA NA GUINÉ.





Victor Oliveira
Esp.Melec./Inst./Av.
Lisboa





Estávamos em Nova Lamego eis que um dia perto da hora de almoço aparecem dois Hellis em que vinha o General Spínola e o piloto era o falecido Cap. Rodrigues, que nos pediu para abastecermos os Hellis enquanto eles almoçavam porque  iam voar novamente e que ligássemos para a messe de sargentos do exército para nos trazerem o almoço.

Assim foi, tínhamos um telefone no posto radio em que o radiotelegrafista da Força Aérea era o Pires.
Resposta: Os doutores se quiserem venha cá abaixo comer!
Eu disse logo: Não vamos lá, isto vai dar caldeirada.
Isto porque a maioria dos sargentos do exército não aceitava que fossemos os primeiros a ser servidos e mais ao jantar nós íamos comer á civil e eles não.
Assim foi, não fomos almoçar.
Eis que chega o Cap. Rodrigues junto com Cap. Almeida Bruno e atrás vinha o Spínola com um Major e o Tenente Coronel, um era o 2º comandante e o outro  o 1º do quartel. Foi logo falar com o Cap. Rodrigues e disse-lhe que não tínhamos almoçado, eis que o Spínola apercebeu-se que havia merda como se costuma dizer e chama o Almeida Bruno e ele diz-lhe o que se passou ele vira-se para o Major e o Tenente Coronel e diz-lhe para mandar o oficial e o sargento da messe para São Domingos era onde havia mais combates. O Major e o Tenente-Coronel só diziam:
Ó Sr. Governador, pedimos desculpa.
Ele dizia: Isto não pode acontecer os rapazes estão fartos de trabalhar.
O abastecimento era feito com bombas manuais a tirar de bidons de 200 litros. Depois mandaram buscar sandes e cervejas assim foi o nosso almoço. A partir desta cena quando entravamos na messe o sargento punha logo os fascinas a servi-nos.
 Victor Oliveira (Pichas)






VOO 2942 – ENCONTRO DE NATAL DA TERTÚLIA “LINHA DA FRENTE”



Companheiros.

Mandou o comandante desta unidade para publicação o seguinte despacho:

Convocatória para o encontro de Natal desta unidade a ter lugar no dia 07 de Dezembro p.f., em:

Local – Quinta da Sobreira
            Ançã – Coimbra







Serviço - Buffet

Entradas variadas

Peixe – Bacalhau à “Lagareiro”

Carne – Grelhada mista à “Brasileiro”

Sobremesa variadas

Café

Digestivo


                                   É necessário fazerem-se acompanhar de 15 patelas

 INSCRIÇÕES – Como é norma para o email deste nosso blog, até ao dia 02 de Dezembro p.f.








VOO 2941 – PARABÉNS FERREIRA DE CASTRO “MENINO”






Ferreira de Castro
Metralha

Vale de Milhaços








Companheiros.

Hoje é dia de aniversário, do nosso “MENINO”, Ferreira de Castro, completa mais um ano de vida.

Em nome de toda a Tertúlia “Linha da Frente”, desejamos-te um dia muito feliz na companhia de quem te é mais querido.

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Voo 2940 PARABÉNS VICENTE BRÁZ



Vicente Bráz
Esp. MMA
Estoril


 
Companheiros,
Hoje é dia de aniversário, o Vicente Bráz completa mais um ano de vida.
Em nome de toda a Tertúlia “Linha da Frente”, desejamos-te um dia muito feliz na companhia de quem te é mais querido.

Voo 2939 PARABÉNS JOSÉ LEAL.






José Leal
Fur.Mil.PA
Caminha




Companheiros.


Hoje é dia de aniversário, o José Leal completa mais um ano de vida.
Em nome de toda a Tertúlia “Linha da Frente”, desejamos-te um dia muito feliz na companhia de quem te é mais querido.

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Voo 2938 MULHER COMBATENTE - ESTILHAÇOS SILENCIOSOS DA GUERRA COLONIAL.





Victor Barata
Esp.Melec./Inst./Av.
Vouzela

Companheiros,
É com muito orgulho que vos anuncio a apresentação do livro MULHER COMBATENTE da autoria da minha querida AMIGA Lurdes Loureiro,a quem, pela sua humildade e simplicidade, chamo de Lurdinhas.
De facto, acredito existir um entendimento muito grande entre a simplicidade e a escala de evolução, depois de saber resumidamente o conteúdo desta obra. A autora pegou num assunto muito intimo e complexo, como é o nosso passado na Guerra Colonial, como o viveram os nossos pais, as nossas mulheres, os que ficaram diminuídos fisicamente para o resto da vida, e soube de maneira exemplar simplifica-lo através da comunicação e capacidade de desenvolvimento dos seus relacionamentos.
Se resistência é o motor da vida, a humildade é o seu combustível.
Apelo a todos para que no próximo dia 3 de Novembro compareçam na sede da ADFA Associação de Deficientes das Forças Armadas, manifestando assim  a nossa gratidão á Lurdinhas pelo esforço demonstrado através das suas simples mas significativas palavras que compõem esta obra.
Parabéns Lurdinhas




Lurdes Loureiro nasce a 10 de junho de 1952 no distrito Viseu, onde vive e estuda até finais dos anos 60.
Troca a sua terra natal por Lisboa, onde cursa Secretariado. É aqui que vive e trabalha durante mais de 20 anos. Já na década de 90 regressa a Viseu, e a sua vida reparte- -se atualmente entre esta cidade e a capital.
O gosto pela escrita revela-se desde muito cedo, o que justifica a publicação de alguns dos seus poemas em jornais regionais.
Em 2011, por ocasião da comemoração dos 50 anos da guerra do Ultramar, os serviços sociais da Universidade de Coimbra elaboram uma antologia da Memória Poética da Guerra Colonial, tendo sido seleciona­do para o efeito o seu poema “Rapazes do Meu País” (também incluído neste livro) dedicado aos ex-combatentes.
Em Dezembro de 2012 é lançado o seu primeiro livro “Mãe, porque não escreves um livro?”, na sequência de um desafio lança­do pelos serviços sociais da administração pública que frequenta.
Mulher Combatente é o seu segundo livro, e o primeiro que edita com a chancela das Edições Mahatma.


quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Voo 2937 PARABÉNS PAULO.







Paulo Sousa
Esp.MMA “Canibais”
Vale de Cambra






Companheiros.
Hoje é dia de aniversário,o Paulo Sousa completa mais um ano de vida.
Em nome de toda a Tertúlia “Linha da Frente”, desejamos-te um dia muito feliz na companhia de quem te é mais querido.

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Voo 2936 O NOSSO SITE ALEGROU-ME E COMOVEU-ME.




João Mendes
Esp.ORD
Salvaterra de Magos






Só há poucos dias fiquei a conhecer este nosso site, que me alegrou e comoveu fortemente, pois lendo os diversos voos, revi malta conhecida, que há quase 40 anos não vejo, fazendo-me relembrar caras e situações vividas.
Já há alguns anos estive num encontro perto de Tancos, com Especialistas da B.A.12; foi num mês de Maio,mas não sei de que ano. Fiquei de tal modo comovido, que nunca mais compareci. Erro meu, confesso. Não sei se aqueles encontros serão os mesmos que são comentados no site Especialistas da Base 12.
Bom, gostava de enumerar alguns nomes que recordo, uns mais populares que outros, uns já passados no site e outroS, nem tanto: PATO; REI; PARREIRA; ALCOBIA; WILSSON; MENEZES; IMAGINÁRIO; OSCAR; DOMINGOS;CATITA; VICENTE; SILVA; GARCIA; MARTINHO; CERQUEIRA; VICTOR MESQUITA; VENTURA; TEIXEIRA;CARLOS (MMA-Madeirense); ??? FLECHA PRATEADA (DAKOTA); PINTO (Abast); PINTO (OpRadar); PINTO (MecRadar); PRATA; JOSÉ MANUEL MOUTINHO CRUZ; BRIGADEIRO; ALVARO EUGÉNIO MARQUES SILVA .....
Segue uma fotografia de algumas que enviarei a seu tempo.


 Um abraço para toda a malta!
João Mendes


terça-feira, 22 de outubro de 2013

Voo 2935 OS MEUS VOOS COM O HONÓRIO.







Victor Oliveira
Esp.Melec./Inst.Av.
Lisboa




Camarada Victor  posso dizer que 70% das dezenas e dezenas de horas de voo na Guiné foram com o meu grande amigo Honório que infelizmente já não está entre nós voos esses em DO27 e T6G nestes andávamos entre 2H 30M a 3H30m sobre as colunas que ia para Béli e Madina de Boé começávamos a sobrevoar ao nascer dia até ao se por. Ele queria sempre companhia porque dava para ele descansar esta a ver o que era andar estas horas as voltas sobre as colunas levávamos no mínimo duas garrafas de agua Perrier. A protecção a essas colunas era feita por 6 T6G e sempre dois que se iam revezando.
Já agora quero dizer que além do meu amigo Honório havia mais pilotos com os quais voei  que eu admirava Cap. Sarmento, Alf. Pavão (Acriano)e Furriel Gomes



Aqui vai o T6G 1756 que caiu ao pé do colégio das freiras que ficava por de trás do hospital em Bissau. Da rapaziada so me lembro do Oliveira T sirtes branca.

Sem mais um grande abraço.

Vitor Oliveira(Pichas)



Voo 2934 SEGUIR OU VOLTAR...A ESCOLHA É SUA.




Marcelo Quaranta
Comandante Aeronáutico
Leitor do Blog
São Paulo
Brasil




Saudações.

Meus queridos irmãos de asas, vos saúdo com os meus mais sinceros votos de saúde, paz e alegrias.
Gostaria de brindá-los com meu mais recente texto, e espero que gostem:

"SEGUIR OU VOLTAR... A ESCOLHA É SUA

Durante toda a nossa vida somos expostos a diversas situações que nos obrigam a tomar decisões rápidas, e cada decisão tem um ônus para quem está incumbido de tomá-la.
Ainda pequenos, nos é ensinado por nossos pais a identificar o que é certo e o que é errado, e aprendemos a avançar nos caminhos que julgamos bons, ou recuar daqueles que podem trazer-nos consequências indesejáveis.
A medida que vamos crescendo, desenvolvemos cada vez mais os nossos instintos e nossa capacidade de análise, nos dando condições de decidir, com sobriedade, o melhor caminho a tomar. Embora isso aconteça a todo instante e em cada fase da vida, é na aviação que mais frequentemente somos instados a tomar decisões, com base em inúmeras variáveis como: experiência anterior, condições meteorológicas e operacionais da aeronave, conceitos de segurança aprendidos e etc.
A função de comandante tem dois aspectos distintos: Um legal e outro moral. Ninguém pode decidir por um comandante o que ele deve ou não fazer, e essa é a parte legal da sua função. Mas este deve ter sempre em mente, que suas decisões são frutos da sua maturidade, da responsabilidade, e que devem, sobretudo, honrar a confiança nele depositada por quem o colocou na posição de comandar, e por quem aceitou por ele ser comandado. Essa é a parte moral da sua função.
Quando a coisa mais sensata a fazer é voltar ou não ir, um comandante não deve seguir para provar nada a ninguém. As vezes não há tempo para se arrepender e corrigir uma decisão errada, e o preço a pagar é infinitamente mais alto do que seria simplesmente render-se às circunstâncias. Antes não colocar uma venda nos olhos, do que ter que tirá-la tardiamente.
Se o tempo apresenta-se inadequado, aquele problema mecânico é um risco potencial para o voo, você não está fisicamente bem para voar ou suas condições técnicas ainda não são suficientes para encarar determinadas condições de voo,  não há porque insistir e enfrentar tal situação, por uma suposta afirmação de capacidade, ou de pretensa superioridade sobre algo que não se pode mudar ou controlar imediatamente.
Lembre-se que se em certas ocasiões você está insistindo, e não seguindo o fluxo normal, algo deve estar muito errado. Muitos dos que erraram em suas decisões, não sobreviveram para aprender com os próprios erros e a maior de todas as tolices é "pagar pra ver", quando a moeda da aposta é a própria vida e a vida dos outros.
A aviação não precisa de falsos atos de heroísmo, que no fundo traduzem-se por irresponsabilidade e imaturidade. Os verdadeiros heróis na aviação são aqueles que gloriosamente se aposentam, levando consigo as lembranças de cada decisão acertada, e não aqueles que morrem tentando fazer o inaceitável ou querendo provar alguma coisa.
Não basta apenas um comandante ter o poder de decisão. Ele tem que ser antes de tudo um estrategista, e os melhores estrategistas sabem a hora de não ir, o momento de recuar e o valor da volta segura, tomando suas decisões com firmeza, sem se importar com as opiniões dos outros, sejam eles leigos ou profissionais.
Sabem que não há covardia ou incompetência em não seguir quando as condições não forem as ideais, e ainda nos ensinam que sob certas circunstâncias, voltar é dar um passo à frente, e a negativa é o que de mais positivo se pode fazer.
Mas a escolha é sempre sua."
Segue os links dos videos produzidos por Norte Verdadeiro, com este texto e com "Comandante... Na Íntegra da Palavra" e que fizeram muito sucesso.

Comandante... Na Íntegra da Palavra

 SERGUIR OU VOLTAR... A ESCOLHA É SUA.




Com meu apreço a todos os irmãos
Cmte. Marcelo Rates Quaranta

VB: Bom Dia Cmt.Marcelo, antes de mais saudar-te por mais esta simpática e exemplar aterragem nesta Base que muito nos congratula. Só se lamenta que, embora saibamos que a distância é grande, muitas horas e por vezes alguma turbulência, seja muito poucas.
Depois enaltecer o valor do texto próprio de um piloto experiente como tu.
Um abraço.
Victor Barata  
https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif 



segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Voo 2933 "AVIADORES EM TERRA" DE ANICETO CARVALHO


João Carlos Silva
Esp.MMA
Sobreda






Companheiros,
Na sequência da informação aqui publicada sobre o lançamento do livro do nosso Companheiro Aniceto Carvalho, "Aviadores em Terra" Ecos de um tempo dourado, agora para vos informar que está disponível através da FNAC:
Ligação para FNAC - Aviadores em Terra de Aniceto Carvalho



Saudações Especiais,
João Carlos

Voo de Ligação:
Voo 2895 Lançamento do livro "Aviadores em Terra"
Voo 2902 Sessão de lançamento do livro "Aviadores em Terra"

Voo 2932 A QUEDA DO T6G 1791.






Victor Oliveira
Esp.Melec./Inst./Av.
Lisboa




A queda do T6G 1791

Foto: Já não me lembro deste pessoal a não ser do Saju. Manuel Matacão.

Legenda: Cortesia do Victor Oliveira.


Amigo  Victor a queda do T6G nº 1791 entre o Cheche e Madina de Boé foi originado por uma fuga de óleo no dia 15 Junho 1968 e era piloto o Alferes Couto como eu não recordava do piloto foi ele que ao ver as fotos no site em 2009  entrou em contacto comigo para lhe enviar as mesmas. Já agora aproveito para enviar um grande abraço ao Couto e desejar-lhe as melhoras para o problema grave de saúde que atravessa.
O avião foi desmantelado no dia 16 de Junho como disse com a protecção dos paraquedistas saímos de Bissalanca no Dakota nº6155 para Nova Lamego e depois fomos no Helli ALIII Nº9273 para o local do acidente. Agora vem a parte mais engraçada, ao chegarmos  junto do avião o capitão diz-nos  que por fora não havia nenhuma armadilha mas por dentro do mesmo tinhas que ser nós a ver já que o avião ficou ali uma noite e então começamos a discussão de quem é que ia entrar lá eu dizia que era mecânicos de material aéreo ou de radio eles que era eu até que o meu amigo Sarg. Ajud. Manuel Matacão ,diz-me Pichas tu é que tens lá ir ver se há  alguns fios esquisitos e então lá fui entrei do lado do piloto tudo bem mas quando fui a parte de trás quando ponho o pé na cadeira eis que o elevador não estava travado e fui por ali abaixo mandei um grito pensei logo que ia desta, mas felizmente nada aconteceu mas não ganhei para o susto.
Sem mais um grande abraço.


domingo, 20 de outubro de 2013

VOO 2931 – PARABÉNS JOAQUIM CUNHA






Joaquim Cunha
MELEC/MRADIO
Cartaxo







Companheiros.

Hoje é dia de aniversário, do Joaquim Cunha completa mais um ano de vida.
Em nome de toda a Tertúlia “Linha da Frente”, desejamos-te um dia muito feliz na companhia de quem te é mais querido.

sábado, 19 de outubro de 2013

VOO 2930 – PARABÉNS JOSÉ OLIVEIRA














José Oliveira
Metralha
V. N. de Gaia











Companheiros.

Hoje é dia de aniversário, do José Oliveira completa mais um ano de vida.
Em nome de toda a Tertúlia “Linha da Frente”, desejamos-te um dia muito feliz na companhia de quem te é mais querido.



VOO 2929 – PARABÉNS AMÍLCAR CONDEÇO







Amílcar Condeço
MMT
Sintra







Companheiros.

Hoje é dia de aniversário, do Amílcar Condeço completa mais um ano de vida.
Em nome de toda a Tertúlia “Linha da Frente”, desejamos-te um dia muito feliz na companhia de quem te é mais querido.

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Voo 2928 O TEMPO.








Paulo Moreno
Sol.Fotogº.FAP
Marinha Grande





Amigo, Victor Barata
Nos últimos tempos temos tido várias situações de luto, acontece que precisamente no passado dia 15 o meu Tio Pereira faria anos, e fui no Domingo visitar a sua campa e para tal vesti a camisola dos Esp. da BA-12, que o amigo Victor fez o favor de me oferecer mando uma foto para o seu arquivo, Obrigado.


UM FORTE ABRAÇO DO SEU AMIGO
Paulo Moreno


Voo 2927 FIAT G-91 NA BASE AÉREA nº 12 BISSALANCA.






Cristiano Valdemar
Esp.MMA
Sobreda da Caparica
Fiat na BA12




Caro Victor Barata
Desejo que esteja tudo bem contigo e família.
Sei que para o blog não devo utilizar o teu email, mas aqui é antes de mais um pedido de colaboração que não será tua, pois julgo não saberás a resposta.
Ora como o capitão Pilav Morais e Silva estaria na BA12 em Novembro de 1970 e julgo que a foto que te envio embora tirada em 1971 mostra o Fiat G91 com a bandeira nacional na deriva ocultada com tinta cinzento embora mais escura devido a não estar comida pelo sol.
Como não tenho o email do Sr. capitão Pilav. Morais e Silva (assim era o posto quando estive com ele na BA5 e na BA12) pedia-te que fizesses a seguinte pergunta:
O que faziam dois Fiat o 5414 e o 5402 na BA12 com a bandeira oculta, teriam a ver com operação na Guiné Conakri em 22 de novembro 1970?
Miguel Pessoa diz não saber e não estava lá na altura.
Gostava que a foto não fosse publicada sem conseguir saber o porquê.
Já agora a foto da 1ª vez que o Boeing da Fap foi à BA12 foi de minha autoria.

Grande abraço.
Cristiano Simões
MMA


VB: Bom Dia Cristiano.
Pois certamente que iremos por a questão ao Cap.Pilav.Morais e Silva que te esclarecer-te-á.
Quanto à foto do Boeing,como deves calcular,e embora tenhamos as fotos arquivadas nas pastas dos seus autores,recebemos muitas de camaradas nossos como sendo os autores das mesmas. É admissível que nos seja impossível verificar se é ou não o seu autor.

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Voo 2926 ACIDENTE NO RIO CORUBAL.






Victor Oliveira
Esp.Melec/Inst./Av
Lisboa




Camaradas tendo recentemente lido no site Tabanca Grande diversas versões á cerca do triste acidente junto ao Cheche quando as nossas tropas abandonaram Madina de Boé algumas delas não são as verdadeiras. Isto porque nesse terrível dia 6 de Fevereiro 1969 estava a sobrevoar a coluna no avião T6G 1724 com outro T6 no tempo 3h 10m,a Força Aérea tinha em Nova Lamego tinha 6 T6 uma DO e um Heli. Estavam sempre dois T6 a fazer protecção este pormenor não li em parte nenhuma.

Legenda: Foto rio Corubal.
Foto: Cortesia do Beja Santos



Quero dizer o seguinte:
1º Acidente deu-se por excesso de peso na jangada.
2º Não houve nenhum ataque do inimigo.
3º O Heli que se encontrava lá não era o Heli  canhão o piloto era 1º Sargento Ribeiro.
4º Passado umas horas apareceu de Heli o General Spínola que acompanhou a companhia ate Canjandude.
Para terminar quero vos dizer que para nunca esquecer o que se passou no dia 12 de Fevereiro com o Tenente Coronel Piloto Costa Gomes e um Tenente Piloto do qual não me recordo do nome sobrevoamos o rio na DO27  3329 no total de 4h 05m onde vimos o triste espectáculo os crocodilos de volta dos corpos que estavam a boiar. Os fuzileiros ainda conseguiram retirar alguns corpos que estavam a boiar e creio que fizeram um cemitério na margem do rio.
Para provar tenho estes voos registados na minha caderneta de voo.
Sem mais um grande abraço.

 Vitor Oliveira (Pichas)


Voo 2925 11º ANIVERSARIO NÚCLEO DO MINHO.







Manuel Pais
Esp.EABT
V.N.Gaia








Com o brilhantismo habitual com que presenteiam todos aqueles que aderem a este convívio os dirigentes do Núcleo do Minho da A.E.F.A , estão de parabéns.
Para recordar alguns bons momentos , anexo as respectivas fotos  .





Um Abraço
Manuel Pais