quinta-feira, 1 de julho de 2010

VOO 1808 A NOSSA HOMENAGEM.

Companheiros.
Recorde-se que foi no fatídico dia 1 de Julho de 1955, por ocasião dos festejos do Dia da Aviação que o trágico acidente ocorreu. Oito dos doze aviões, que compunham a formação comandada pelo Capitão Rangel Lima, chocaram na Serra do Carvalho, ficando despedaçados e os corpos dos infelizes aviadores reduzidos a pequenos fragmentos. Eram 10 horas da manhã quando tudo aconteceu.
Perpetuando a memória dos pilotos falecidos, foi erigido pela Câmara Municipal de Vila Nova de Poiares,um monumento no local do acidente, assinalando um acontecimento que deixou a Força Aérea, as famílias e o país envolto num manto de luto.



video

Morreram no acidente os seguintes pilotos:



Tenente António Albino Rocha Mós, de 26 anos, de Lisboa;
Alferes Henrique Ferreira Pinto Howell, de 25 anos, de Leça de Palmeira;
Alferes Alfredo Fernandes Ventura Pinto, de 25 anos, de I.ageosa, Tondela;
Alferes José Nobre Guerreiro Bispo, de 25 anos, de Odemira;
Sargento Fernando da Silva Santos, de 25 anos, de Tomar;
Furriel Diniz Lopes Alves Martins, de 24 anos, de Rossio ao Sul do Tejo;
Furriel António Carvalho, de 24 anos, de Cabeceiras de Basto, residente em Maceira
Furriel Danilo Martins da Fonseca, de 21 anos, de Lisboa.